.Tomaram café ..


windows 8 registry tweaks

.mais sobre mim

.Coisas que escrevi:

. ...

. Estafadêra...

. ...

. Lição de Inglês - Nº. 3

. Enfardar

. Felicidade

. Bacalhau escondido à minh...

. As velhotas na missa

. Dúvida do dia.

. A Vingança

.arquivos

. Setembro 2011

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2005

Asas

asas.bmp

Nasci com asas indeléveis
De plumagem forte e multicor.
Voei pelos campos verdes,
Por sobre os telhados terracota,
Sobrevoei regatos de agua azul,
Vi a espuma branca do mar.
Percorri paisagens imensas e abertas,
Por terras fascinantes e estranhas..


Cresci, com o pureza do ar e do sol
E as minhas asas foram ficando pequenas
Ninguém me disse que não cresceriam...
Não sabia que as cores se esbatiam,
Não fui avisada que as penas caíam,
E que deixaria de poder voar.


Dei comigo a pouco e pouco
Confinada ao espaço da terra.
Encontrei-me, qual ave enjaulada
Fechada num recanto sem luz,
Forrado a tons de cinza uniforme.
Limitaram-me os gestos e as palavras
Instituíram-me regras e comportamento...


Eles não sabiam, nunca souberam
Que eu nasci com asas indeléveis,
E os seres alados são livres...
Posso estar fechada num mundo
Que não é o meu, e não me agrada.
Mas nunca terei o pensamento a cadeado,
E ninguém corta as asas aos meus sonhos.


escrevinhado por Mikas às 15:26

link do post | Diz-me o que pensas | favorito

.subscrever feeds