.Tomaram café ..


windows 8 registry tweaks

.mais sobre mim

.Coisas que escrevi:

. ...

. Estafadêra...

. ...

. Lição de Inglês - Nº. 3

. Enfardar

. Felicidade

. Bacalhau escondido à minh...

. As velhotas na missa

. Dúvida do dia.

. A Vingança

.arquivos

. Setembro 2011

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2005

Peito de frango com bechamel.

spaghetti.bmp

Esta receita é super rápida, económica e deliciosa.
Ahh. e é tão simples que até um mero homem a consegue fazer ......
Para 4 pessoas (multipliquem ou dividam se forem mais ou menos a dar ao dente)

Ingredientes

-6 peitos de frango, sem pele.
-1 lata cogumelos laminados
-1 embalagem de molho bechamel Parmalat
-1 colher de sopa de azeite
-Sumo de limão q.b..
- 1 colher sobremesa de salsa picadinha (de preferência a comprada em pacote, seca )
-Sal e pimenta a gosto.
-Para acompanhar: 400 gramas de tagliatelli ou spaghetti.

Confecção

- Cortam-se os peitos de frango em cubos.
- Põe-se ao lume a panela com a agua para cozer a massa.
- Numa frigideira larga deita-se o azeite, e leva-se ao lume até estar bem quente.
- Deita-se os cubinhos de frango no azeite, mexendo para alourarem.
- Quando estiverem dourados, regam-se com o sumo de limão. Mexe-se bem para envolver.
- Baixa-se o lume para o mínimo, tempera-se com sal e pimenta a gosto e deixa-se ir recozendo.
- Assim que a agua ferver, deita-se a massa, mexendo bem. A massa deve sempre ser cozida com a panela destapada...
- Junta-se os cogumelos ao frango, polvilha-se tudo com a salsa, e mexe-se.
- Rega-se com o molho bechamel, e deixa-se aquecer em lume brando, mexendo de vez em quando.
- Estando a massa cozida, escorre-se. Deita-se para um prato de servir fundo, rega-se com um fio de azeite (para a massa não colar), e envolve-se..
- Por o lume da frigideira no máxima, até ferver o bechamel. Rectificar os temperos e servir bem quentinho.

P.S. Experimenta uns legumes cozidos a acompanhar - broculos, repolho em juliana, couve flor. Delicioso, combina muito bem

Bom apetite.



escrevinhado por Mikas às 18:02

link do post | Diz-me o que pensas | ver comentários (6) | favorito

Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2005

Desabafo

tulip.bmp

Certos dias duram demais,

Quando se instala a bruma da melancolia

Consigo sentir os segundos a escoarem lentos.

Fazes-me falta, embora penses que não.

És forte, dizes-me tu.

E eu sei que sou. Sou..

Mas sou frágil tambem. Muito frágil.

Certos dias canso-me de ser forte,

Quero remeter-me à condição de fraca.

E esperar que tomem conta de mim...

Fazes-me falta p'ra cuidares de mim,

Quero mimos e festas e outras coisas tais.

Certos dias quero ser flor de estufa

Raiar o inutil de tão indefesa.

Mas tu dizes que sou forte e valente.

E eu sei que sou. Sou sim..

Ora bolas.. mas hoje não,

Hoje sou frágil, e preciso que cuides de mim.





escrevinhado por Mikas às 12:01

link do post | Diz-me o que pensas | favorito

Terça-feira, 18 de Janeiro de 2005

Damn

lightning.bmp

Sometimes we fight

I lose my temper, fly off the handle

and hurl words I don't mean to say.

Sometimes you're so damn cruel

You stare at me in you cool collected way

Sarcastic half-smile on your face.

Lots of times you get on my nerves,

Make my blood boil over

Till I can't hold it no more..

Lots of times you don't even notice

Or, worse still, pretend not to notice

Now, that gets me in a fuming rage you know..

(Yeah..you know, I guess that's why you do it.)

It gives you a kick to see me in a state

On the brink of losing it completely.

And don't you just love to say

"Hey, half-pint, wanna whack me one?

Shall I get the ladder for you, hey shorty?"

And just as I'm about to pick up that vase

And aim it at your stupid sarcastic smile,

Suddenly you'll stop teasing and just hug me

I'll pretend that I don't want you to hold me

(but you know I do, don't you?)

And you won't even secretly smile at my nervous tears..

You just hold me till I've shed them all

Hold me till it's all blown oven and gone.

And I guess I don't even know why we fought in the first place..

Damn..sometimes I think we fight just to make up.


escrevinhado por Mikas às 11:01

link do post | Diz-me o que pensas | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 11 de Janeiro de 2005

Para a Pequena (a mais nova)

rainbow2.bmp

Toda ela é contradição...
Um amor-perfeito, rosa com espinhos e tudo.
Pequenita e lutadora, maneirinha mas valente..
Delicada, perfumada e doce, meiga e arisca,
Aspecto feminino e frágil, e vulcão quase a explodir.
Olhos brilhantes espelham-lhe a alma imensa
Curiosa, perspicaz, romântica e risonha.

Move-se, irrequieta, qual borboleta azul
Dedos longos e finos em mãos esguias,
Que tudo tocam, tudo sentem, tudo vêem.
Ela nunca vai por onde lhe indicam (nunca foi!)
Questiona, duvida, responde, refila e contrapõe.
Mas quando te brinda com aquele sorriso rasgado
É como se as nuvens no céu se afastassem
E o sol espreitasse só para a ver..

Ela é o fechar perfeito do triangulo
Sempre equilátero mas nunca equilibrado,
Ela é o branco mais branco e o negro profundo
e todas as cores em arco que vai de um a outro..
É a pimenta e o mel, canela, cacau e gengibre
Ela é aquela pitadinha de sal que tempera a vida..

(Carricinha, és muito muito especial, tu sabes. )

escrevinhado por Mikas às 17:26

link do post | Diz-me o que pensas | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2005

Doutores e Engenheiros

engineer.bmp


Não deve haver outro país com tanto Doutor e Engenheiro por metro quadrado como em Portugal. Toda a gente quer ter um canudo - pouco importa que alguns dos cursos sejam uma porcaria, e que depois o dito canudo nem para limpar o rabo sirva. Interessa é o estatuto que o Dr. antes do nome confere.

A ridicularia de alguns exigirem que se lhes chame Sr. Engenheiro Fulano de Tal é mesmo patético e demonstra bem a cagança tuga.

Vai-se a uma obra onde ande um engenheiro alemão e inglês e a gente nem os distinguiria dos demais trabalhadores, não fossem as melenas loiras no meio de tanto cabelo escuro e tanto bigode tipicamente luso. Já os engenheiros portugueses topam-se a léguas : são os tipos que andam na obra de fato Hugo Boss, casaco de camurça, sapatinho bem engraxado...e o capacete de protecção. Fazendo a devida ressalva para algumas excepções, a maioria até pode perceber da obra no papel, mas não fazem a menor ideia como raio é que a coisa vai aparecer feita. Motivo ? Não andam ali, no meio dos operários... já o Herr Schmidt anda.. O Schmidt sabe distinguir uma viga de ferro em T duma viga de ferro em I.

Qualquer médico inglês é tratado como Mister Smith ou Mrs. Wallace.. os de cá tem de ser tratados como Exmo.Senhor Doutor Rodrigues (fazer vénia, tocando com o nariz nos joelhos ao dizer esta frase). Se o dito for o médico de família convêm, pela época natalícia, comparecer com uma garrafita de Chivas 18 anos, se não queres ver o acesso à próxima consulta dificultada. Por uma questão de pudor não vou sequer perguntar porque motivo o Delegado de Propaganda Médica passa à minha frente quando tenho a consulta marcada. Nem quero saber porque razão os "Congressos" tem lugar em cruzeiros de luxo ou então em países tropicais. Não sou má-língua a esse ponto.

Adoro aquele ar com que alguns médicos nos recebem nas urgências dos hospitais. Não sei se prefiro o que me olha com ar de "que vens aqui fazer, plebeia ? Como ousas incomodar-me, só porque estás com 42º de febre e tens pintas roxas pelo corpo. Acaso não sabes que à uma da manhã não se perturba o sono do médico de serviço???" - ou se prefiro o que me olha com ar condescendente, tipo " Esta gente vem às urgências por qualquer ninharia. Qualquer pessoa de bom senso não viria cá apenas por ter escorregado na banheira e partido um braço. Esperaria pela manhã e dirigir-se-ia ao Centro de Saúde mais próximo."

Numa próxima vez mandarei umas bocas acerca de alguns enfermeiros que não passam de médicos frustrados, algumas auxiliares que não passam de enfermeiras frustradas, e de algumas empregadas da limpeza que são apenas auxiliares frustradas. Ahh e até me recordo dum maqueiro que andava de estetoscópio a examinar as doentes..

escrevinhado por Mikas às 18:50

link do post | Diz-me o que pensas | favorito

Asas

asas.bmp

Nasci com asas indeléveis
De plumagem forte e multicor.
Voei pelos campos verdes,
Por sobre os telhados terracota,
Sobrevoei regatos de agua azul,
Vi a espuma branca do mar.
Percorri paisagens imensas e abertas,
Por terras fascinantes e estranhas..


Cresci, com o pureza do ar e do sol
E as minhas asas foram ficando pequenas
Ninguém me disse que não cresceriam...
Não sabia que as cores se esbatiam,
Não fui avisada que as penas caíam,
E que deixaria de poder voar.


Dei comigo a pouco e pouco
Confinada ao espaço da terra.
Encontrei-me, qual ave enjaulada
Fechada num recanto sem luz,
Forrado a tons de cinza uniforme.
Limitaram-me os gestos e as palavras
Instituíram-me regras e comportamento...


Eles não sabiam, nunca souberam
Que eu nasci com asas indeléveis,
E os seres alados são livres...
Posso estar fechada num mundo
Que não é o meu, e não me agrada.
Mas nunca terei o pensamento a cadeado,
E ninguém corta as asas aos meus sonhos.


escrevinhado por Mikas às 15:26

link do post | Diz-me o que pensas | favorito

.subscrever feeds