.Tomaram café ..


windows 8 registry tweaks

.mais sobre mim

.Coisas que escrevi:

. ...

. Estafadêra...

. ...

. Lição de Inglês - Nº. 3

. Enfardar

. Felicidade

. Bacalhau escondido à minh...

. As velhotas na missa

. Dúvida do dia.

. A Vingança

.arquivos

. Setembro 2011

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

Sexta-feira, 28 de Abril de 2006

A Feira das Vaidades

Tenho a ideia que o povo Português deve ser praí o povo mais vaidoso do mundo. Vaidoso das aparência, evidentemente. Podem estar hipotecados até ao lóbulo das orelhas, mas há que manter o aspecto de quem vive desafogadamente.

Vejamos: eu conheço (e tu de certeza que também conheces) pessoas que ganham uma côdea que mal dá para cobrir as despesas mínimas. E no entanto andam sempre arreados como se tivessem ganho o jackpot do Totoloto, ostentam o ultimo modelo de telemóvel 3G, e só não afirmo que conduzem o mais recente topo de gama da Audi, porque nem mesmo a vaidade exagerada faz milagres.

Este nosso povo acha impensável levar uma sandes e uma peça de fruta para o emprego, e almoçar serenamente à secretária, ou quiçá sentado no banco do jardim se o tempo o permitir.  Não senhor... quem faz isso são aqueles malucos dos alemães, ingleses, holandeses, dinamarqueses, finlandeses, suecos .. essa gente toda, obviamente menos evoluída que nós. Além do mais, que piada tem almoçar no escritório, ou correr até casa para comer qualquer coisa? Assim ninguém vê o nosso novo casaco de camurça magenta, ou a nossa nova t-shirt branca com as letras D & G em tamanho garrafal estampadas no peito.

A nossa gente acha muito mais agradável arranjar-se impecavelmente e passar uma tarde no centro comercial, (a ver e a ser vista) do que vestir umas calças de fato de treino e uma camisola de algodão e ficar sentada no relvado à beira rio, a ler, a observar, a relaxar.

Pensam que estou a insinuar que este culto da vaidade para  vizinho ver é apanágio só dos tristes assalariados da plebe?  Nada disso, este síndrome afecta em igual proporção megalomaníaca os nossos governantes. Basta que vejas as medidas que são tomadas. Nunca nada é feito para proporcionar bem-estar social aos eleitores. O que importa é dar-se a ideia que neste país se vive sem problemas monetários.

Este país tem Estádios de Futebol fantásticos. E os nossos velhinhos também tem reformas fantásticas... Não?  Que se lixe, os velhinhos a gente sempre os pode enfiar num lar manhoso onde ninguém os veja. Os Estádios é que importa serem fantásticos, para os estrangeiros e os gajos da FIFA ou UEFA ou qualquer merda dessas que nos visitam ficarem de boca aberta de admiração.

E até podemos ter as estradas nacionais e municipais todas esburacadas, mas temos boas auto estradas, vamos ter o TGV, e vamos ter um aeroporto todo xpto. Afinal, quem usa as estradas nacionais e municipais é a parolada da província, que nem sequer sabe distinguir entra S.Bento e Belém.

Até o turista Tuga se distingue muito bem do turista estrangeiro. Esqueçamos a cor da pele e do cabelo. Olhemos para as vestimentas e acessórios. O gajo tuga é o que está com gel no cabelo, óculos escuros de marca (quanto mais vistosos, melhor), calção até ao joelho bem passadinho a ferro e vincado, o belo do sapatinho de vela, e o intragável pólo piquet com o crocodilo. Em cima da mesa da esplanada ele tem o telemóvel todo perlimpimpim e as chaves do carro com o inevitável chaveiro da BMW e a carteira em pele da Camel. O forasteiro é o gajo com o cabelo desgrenhado, ainda cheio de salitre do mar, uns calções desbotados e uma t-shirt amarrotada (serviu-lhe de pijama).Em cima da mesa unicamente o copo king-size de sangria.

Ninguém me demove da teoria que quanto mais atrasados em termos culturais e mais lerdos em termos neuronais, mas um povinho se esforça por aparentar ser exactamente o oposto.

É caso para dizer: posso estar com as cuecas já sem força nos elásticos, mas porra, visto jeans Armani. Posso comer salsichas do Pingo Doce, mas quem olhar para mim até pensa que ando mantida a lagosta e caviar beluga.

As aparências é que contam..... o resto inglês não vê.

 

sinto-me:
música: I'm too sexy for my shirt

escrevinhado por Mikas às 12:41

link do post | Diz-me o que pensas | ver comentários (6) | favorito

Terça-feira, 18 de Abril de 2006

Lição de Inglês - II

 

Ok... esta lição é especialmente dirigida ao locutor que eu ouço, todos os dias, pronunciar o nome do filme /jogo "Tomb Raider" como Tom Rider.

É assim: TOMB (que significa túmulo) pronuncia-se "túme", ok ?

e RAIDER (que significa invasor) pronuncia-se "rei-da" (não esquecer de enrolar o "r"), ok ?

É que Tom (pronunciado "tome", tipo "tome estes comprimidos que isso passa") é a abreviatura do nome Thomas. E rider  (rái-da) é aquele que monta....(uma mota, um cavalo..ou quiçá outra coisa).

Assim, a Lara Croft, sendo uma Tome Raida, não passa da montadora do Tom, percebes.

E afinal, ela não passa mesmo é duma invasora de profundezas escuras....

Vá, 100 vezes: Túme Rei-da Túme Rei-da Túme Rei-da Túme Rei-da Túme Rei-da Túme Rei-da Túme Rei-da Túme Rei-da Túme Rei-da Túme Rei-da Túme Rei-da Túme Rei-da Túme Rei-da Túme Rei-da Túme Rei-da Túme Rei-da ......

sinto-me:

escrevinhado por Mikas às 10:06

link do post | Diz-me o que pensas | ver comentários (6) | favorito

Quarta-feira, 5 de Abril de 2006

Como te fazeres passar por inteligente e culto.

Para pareceres mais inteligente do que realmente és, aqui vão algumas dicas:

  • Usa óculos, mesmo que não precises. Estes vão adicionar cerca de 10 pontos ao teu QI.

  • Se fores homem, tenta ser careca. As pessoas tem tendência a pensar que ideias fabulosas explodem dentro da tua cabeça, arrastando o teu cabelo à sua passagem.

  • Durante uma conversa, finge que estás a escutar com muito interesse e que percebes perfeitamente o ponto de vista da outra pessoa. Eu sei que é difícil, especialmente com a conversa que algumas mulheres têm, mas não receies meter pelo meio algumas frases do género : "Incrível ! Então ela usou aquele vestido também na festa da Mafalda ? Wow!"

  • Sempre que a oportunidade surja, afirma teres lido algo num livro. Por exemplo: "Por acaso, Xavier, recordo-me de ter lido um ponto de vista semelhante na obra-prima Timaeus, de Platão " (francamente, ninguém à face da terra leu o Timaeus, portanto, digas o que disseres o teu interlocutor vai acreditar).

  • Finge que tens um passatempo cultural, do género literário, musical etc. Ninguém te vai pedir para tocares a harpa e sempre podes afirmar que se trata dum passatempo relaxante. Se, por acaso algum chato te pedir para tocares, sempre podes dar a desculpa duma arreliadora tendinite devido a muito ensaio.

  • Desenvolve os teus dotes de comunicador. Aprende a escrever sem erros e a discursar para as massas. Ou seja, não te comportes nem como o bronco do Mike Tyson nem como uma estrela do Rap.

  • Podes aludir a antepassados com títulos e nomes pomposos, só para te dar mais estilo, mas fá-lo sempre duma forma desprendida. Por exemplo, ao afirmares que o teu tetravô paterno,  era o ilustre intelectual José Maria Biscaia de Vasconcelos, conselheiro do rei e combatente na Batalha de Falveitosa, menciona como quem não quer a coisa, que ele era sobretudo um homem das letras, sensível, e com uma biblioteca recheadíssima que tu felizmente herdaste (mas deves dizer isto como uma coisa perfeitamente banal).

  • Finge que adoras musica clássica. Alude a idas a Viena para assistir aos concertos da Orquestra Sinfónica do Liechtenstein e de Moscovo. Podes meter uns nomes de sinfonias pelo meio: "Magnífica a interpretação da Sinfonia da Primavera em Fá Sustenido, feita pela Orquestra Clássica de Volchenstraut,  brilhantemente orquestrada pelo Maestro Hans-Karl Von Klungen, não concorda?". ( o teu interlocutor vai ter vergonha de confessar desconhecer o nome da Sinfonia, da Orquestra e do maestro que tu inventaste).

  • Pesquisa na net nomes de obras de arte e o nome do respectivo museu ou galeria onde se encontram. Assim, suavemente, a meio duma conversa podes meter a tua laracha como se alguma vez realmente tivesses entrado num Museu.

  • Faz por seres visto com um livro em russo debaixo do braço. Não te preocupes, que se alguém te perguntar de que trata o livro podes inventar à vontade, que ninguém sabe ler russo.

  • Alude vagamente  a um convite da NASA para trabalhares no programa espacial. Faz um ar entre o pesaroso e o conformado, ao dares a conhecer que tiveste de declinar tal convite devido a problemas de saúde da tua mãe, que , obviamente não poderias abandonar num momento em que tanto de ti precisava. Matas dois coelhos com um tiro: és esperto e bom filho.

  • E finalmente, e mais importante de tudo, usa palavras caras ou pouco usadas. Palavras que ninguém sabe que porra significam. Não chames palerma ao teu interlocutor. Chama-lhe antes néscio. Não digas "Epá, tu falas falas falas e não dizes nada". diz antes "Você é assaz falacioso, meu caro amigo" . Fica sempre bem  ..e deixa a duvida no ar.

 

sinto-me:

escrevinhado por Mikas às 10:13

link do post | Diz-me o que pensas | ver comentários (3) | favorito

Segunda-feira, 3 de Abril de 2006

Advertising Space

 

Gosto do Robbie Williams. Não entendo alguma relutancia persistente dalguns entendidos da matéria musical em reconhecer o talento deste homem. Pesa-lhe o estigma da boys band? A mim não me afecta. O homem é um espectaculo. E não lhe conheço uma unica musica que possa classificar como destituida de mensagem. Esta fala da trágédia que foi o final de vida do Elvis Presley.  Alguem que me diga que não está na mouche..

.......................................................................................

 

There's no earthly way of knowing
What was in your heart
When it stopped going
The whole world shook
A storm was blowing through you
Waiting for God to stop this
And up to your neck in darkness
Everyone around you was corrupted
Saying something.

There's no dignity in death
To sell the world your last breath
They're still fighting over
Everything you left over

I saw you standing at the gates
When Marlon Brando passed away
You had that look upon your face
Advertising space

And
No one learned from your mistakes
We let our profit s go to waste
All that's left in any case
Is Advertising space

Through your eyes
The world was burning
Please be gentle,I'm still learning
You seemed to say
As you kept turning up.
They poisoned you with compromise
At what point did you realise
Everybody loves your life but you  ?

Special agent for the man
Through watergate and vietnam
No one really gave a damn
Did you think the CIA did

I saw you standing at the gates
When Marlon Brando passed away
You had that look upon your face
Advertising space

And
No one learned from your mistake
We let our profits go to waste
All that's left in any case
Is Advertising space ...

I saw you standing at the gates
When Marlon Brando passed away
You had that look upon your face
Advertising space

No one learned from your mistakes
We let our profits go to waste
All that's left in any case
Is Advertising space

I've seen your daughter
Man shes cute
I was scared but I wanted to
Boy she looks a lot like you…

sinto-me:

escrevinhado por Mikas às 12:25

link do post | Diz-me o que pensas | favorito

.subscrever feeds