.Tomaram café ..


windows 8 registry tweaks

.mais sobre mim

.Coisas que escrevi:

. ...

. Estafadêra...

. ...

. Lição de Inglês - Nº. 3

. Enfardar

. Felicidade

. Bacalhau escondido à minh...

. As velhotas na missa

. Dúvida do dia.

. A Vingança

.arquivos

. Setembro 2011

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

Quarta-feira, 29 de Setembro de 2004

A pressa e a perfeição.

hurry.bmp


Certo dia, na bicha para pagar as compras no hipermercado, assisti ao seguinte:
- Uma senhora, de cerca de 60 anos, descarregava pacientemente o seu enorme carrinho de compras para cima do tapete.
A rapariga da caixa era novata, e passava os artigos um a um, com exasperante vagar... conferindo e voltando a conferir para se assegurar que não se enganava.

A pessoa a seguir na fila era um yuppie, na casa dos trinta e picos, lambidinho de gel. O homem, certamente pouco habituado a esperar, bufava por todos os lados, enervadíssimo com a demora.

A senhora à sua frente, por mais que uma vez o olhou de soslaio, e sorriu entre dentes.

Finalmente aviada, a senhora pagou com um vagar propositado, demorou-se uns instantes..Deixou o yuppie chegar ao ponto de bater com o pezinho de impaciência.
Depois, com um sorriso muito doce, virou-se para ele e disse: "Meu caro senhor, não exaspere. Se a demora na fila do supermercado for a coisa pior que lhe acontece hoje, pode dar-se por feliz. Nem imagino como o senhor ficará se lhe suceder algo pior.."
O que me espantou foi a reacção dele. Inicialmente ficou atónito, muito ruborizado. Cheguei a pensar que fosse ter um ataque de fúria. Mas não. Pegou na mão da senhora, e beijou-a. Seguidamente disse: "Minha cara senhora, tem toda a razão." Em seguida afrouxou o nó da gravata e foi vê-lo a meter as compritas no saco, com um ar muito mais leve e sorridente. E, espantosamente, toda a gente na fila atrás dele pareceu descomprimir também..

Dá para pensar, não dá? Quantas vezes nos enervamos com coisas tão simples e insignificantes.
Se pusermos as coisas em perspectiva certamente agiremos de outra forma, e só nos deixaremos aborrecer com aquilo que realmente é aborrecido.

Tenham um bom dia.


escrevinhado por Mikas às 11:56

link do post | Diz-me o que pensas | favorito

1 comentário:
De Anónimo a 18 de Outubro de 2004 às 10:26
Vim pôr a leitura em dia. Resolvi comentar este. Sair do momento, afastarmo-nos, olharmos um pouco mais de trás, alcançado um horizonte mais vasto... é um exercício que todos deviamos fazer todos os dias, como quem todos os dias lava os dentes ou come ou dorme. Certamente seriamos todos mais felizes. Beijo.lolita
</a>
(mailto:lolita30@clix.pt)


Comentar post