.Tomaram café ..


windows 8 registry tweaks

.mais sobre mim

.Coisas que escrevi:

. ...

. Estafadêra...

. ...

. Lição de Inglês - Nº. 3

. Enfardar

. Felicidade

. Bacalhau escondido à minh...

. As velhotas na missa

. Dúvida do dia.

. A Vingança

.arquivos

. Setembro 2011

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

Quarta-feira, 28 de Julho de 2004

Understanding.

takemyhand.bmp


Ao veres meus esboços de tristeza,
A palma da mão pousada sobre o colo em silencio
Não te encaro, porque não quero.
Quero que venhas a mim, e me pegues na mão.
Tens de saber entender a subtileza do gesto.

Ao veres que fico ao canto, ausente
Absorta em pensamentos sem valor.
Nada te digo, porque não quero.
Quero que adivinhes o que penso
Tens de saber ler-me em perfeição.

Se me vires em estado de euforia
Em que rio, canto e danço, despreocupada
Não te direi o motivo, porque não quero.
Quero que te juntes a mim, dances comigo
Tens de saber ser feliz com a minha alegria.

Porque sou assim, inconstante, não por querer, mas porque sou.
E tu és assim, como gosto que sejas, um oásis.
E juntos formamos um gota de algo indecifrável
Por vezes explosiva, e por vezes serena.
Mas sempre doce e apimentado a uma só voz.
Deliciosamente contrastante o nosso amor.



escrevinhado por Mikas às 17:29

link do post | Diz-me o que pensas | favorito

2 comentários:
De Anónimo a 3 de Agosto de 2004 às 18:21
Nem me atrevo a acrescentar uma palavra..perfeito! :)*heather
</a>
(mailto:lolita30@clix.pt)


De Anónimo a 29 de Julho de 2004 às 12:39
Perfeito.
O melhor que escreveste até agora...
Muitos e muitos parabéns.

The stakes are higher now... keep pushing quality towards perfection.Gitano
(http://nofundodagarrafa.blogs.sapo.pt/)
(mailto:Gitano73@sapo.pt)


Comentar post