.Tomaram café ..


windows 8 registry tweaks

.mais sobre mim

.Coisas que escrevi:

. ...

. Estafadêra...

. ...

. Lição de Inglês - Nº. 3

. Enfardar

. Felicidade

. Bacalhau escondido à minh...

. As velhotas na missa

. Dúvida do dia.

. A Vingança

.arquivos

. Setembro 2011

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

Segunda-feira, 21 de Maio de 2007

Pobre diabo!

  Hoje veio-me à ideia uma historia/anedota muito antiga, que o meu pai contava, para demonstrar como é verdadeira a frase : "As mulheres são piores que o diabo! ".. Cá vai.

 

Era uma vez um lavrador que tinha uma area bastante extensa de terra para trabalhar, e ninguem que o ajudasse. Todas as noites, depois de mais uma jornada cansativa, o pobre homem sentava-se a cear com a mulher e lamentava a sua má sorte:

 

- Ai mulher, por mais que eu monde, por mais que eu guie o arado, por mais que eu ande de sachola, o trabalho nunca está feito... Nunca tenho um dia de descanso! Não há nonguem que apareça para nos ajudar...

 

E a mulher lá o consolava invariavelmente

 

- Deixa lá homem..um dia deste vai aparecer por aí alguem que te deite uma mão..

 

E assim decorriam dias atrás de dias, meses atrás de meses, anos e anos de labuta sem fim.

 

Até que, certo dia em que o trabalho estava a ser particularmente penoso, o pobre homem deitou as mãos à cabeça e gritou:

 

- Ohh maldita sorte a minha! Ai só queria que aparecesse alguem para me ajudar! Nem que fosse o diabo !Eu pagava fosse o que fosse !

 

E de repente, zás, vindo do nada aparece um homem jovem, forte, musculado, de belo sorriso cativante que lhe diz...

 

- Chamaste ?

 

- Chamei ? Quem és tu ? - perguntou o lavrador.

 

- Eu sou aquele que tu chamaste .. O proprio Diabo em pessoa.. Não te assustes. Estou cá para te ajudar..Vejo que por mais que trabalhes o trabalho nunca está feito. Pois estou cá eu para resolver o teu problema..

 

- Ai sim ? Bom, eu pago-te bem! Quando estás disposto a começar?

 

- Eu começo já... imediatamente. E não quero o teu dinheiro.. O meu trato contigo é o seguinte: tens de ter sempre, sempre trabalho para eu fazer. Sempre. No dia em que não houver nem mais uma erva para arrancar..aí tens de me pagar...

 

- Pago ! Quanto queres ?

 

- Já te disse. Não quero o teu dinheiro.. O que quero de ti no dia em que nada mais houver para eu fazer é a tua ALMA.

 

O lavrador ficou estarrecido. Mas depois olhou em redor..viu a extensão imensa de terras por lavrar, viu as ervas e os silvados a crescerem por todo o lado... e pensou que nunca em dias da sua vida o jovem ia ser capaz de ter tudo impecável e resolveu aceitar a proposta do Mafarrico.

 

Resolveu não contar à mulher o trato firmado com o Diabo. Contou-lhe apenas que contratara o jovem para fazer o trabalho dos campos.

 

- Bem, já que arranjaste um ajudante, aproveita e descansa uns dias, homem. Bem precisas...

 

E assim foi..

 

Ao final duma tarde, resolveu ir ver como estava a decorrer o trabalho nas suas terras, e qual não é o seu espanto quando olha e vê a terra completamente limpa de ervas, toda lavrada..e as sementes já colocadas. E novamente, vindo do nada, aparece-lhe o Diabo em forma de gente e diz-lhe, sorrindo:

 

- Patrão, como vês hoje acabo o trabalho todo. Se amanhã nada mais houver para eu fazer, virei reclamar o que me prometeste: a tua ALMA !

 

O homem corre para casa em panico, e a mulher vai dar com ele a chorar copiosamente, coberto em suores frios.

 

- Homem, que se passa ?? O moço que contrataste fez alguma asneira ?

 

O lavrador então contou-lhe a verdade acerca da identidade do forasteiro, e do trato que tinham firmado.

 

- Ai mulher, estou desgraçado. Amanhã não tenho trabalho para lhe dar e ele vai reclamar a minha ALMA !

 

A mulher pensou durante uns momentos, e, astuta como são todas as mulheres, disse ao marido que sossegasse..

 

- Amanhã quando ele aparecer para trabalhar, manda-o ter comigo que eu dou-lhe que fazer.

 

E assim foi..

 

Estava amulher na cozinha a tratar das lides dela, quando o Diabo lhe bate á porta:

 

- Patroa, o patrão não tem nada para eu fazer e mandou-me vir ter consigo. Então cá estou. Que trabalho é para fazer?

 

Então a mulher meteu a mão debaixo da saia e arrancou um pintelho. Entrgou-o ao diabo e deu-lhe instruções:

 

- Quero esse pêlo endireitado. Bem esticadinho. Entendeste? Lisinho !

 

O Diabo ficou estupefacto mas lá tentou cumprir a tarefa. Ele esticava o pêlo, mas mal o largava ele encaracolava de novo.. voltava a esticar e o pêlo novamente encaracolava... 

 

Ai fim de duas horas estava o desgraçado do Diabo já coberto em suor, fartinho de resmungar e danado de todo, e sem haver maneira de manter o estuporado do pintelho lisinho.. olhou a mulher e perguntou em tom ironico:

 

- Ó patroa, aínda há muito deste trabalho para fazer ?

 

 

A mulher olhou-o nos olhos e, erguendo as saias, mostrou-lhe a passarinha, dizendo:

 

- Quando alisares esse, tens aqui estes todos para endireitar.

 

O Diabo, obviamente, deu-se por derrotado, meteu o rabinho entre as pernas, e sumiu.

 

 

sinto-me:
música: What's the frequency Kenneth (REM)

escrevinhado por Mikas às 21:46

link do post | Diz-me o que pensas | favorito

6 comentários:
De mil sorrisos a 21 de Maio de 2007 às 23:42
ehehehehehehehe ... Está muito boa esta! Até ao diabo damos a volta! Haja engenho e arte!
Beijos e :o))
Sandra


De toda a 22 de Maio de 2007 às 09:25
Eu seja ceguinha se eu alguma vez tinha ouvido esta história...
Olha se a mulherzinha fazia depilação total, hein? Estavam os dois lixados com F grande!
Beijocas
:))


De Mikas a 22 de Maio de 2007 às 10:38
Ó melher, atão não vês que a historia decorre na era pre-tractor! Elas lá sequer sonhavam em depilar-se! Naquele tempo quanto mais frondosas as matas, melhor!
Beijinhos :))


De mil sorrisos a 23 de Maio de 2007 às 13:26
Parabéns a você, nesta data querida...etc e tal...
Mais um aniversário, né? Haja saúde, boa disposição, ânimo para enfrentar outros tantos anos e tá-se bem. Um dia muito especial para ti
Mil beijos e outros tantos sorrisos
Sandra e Laura :o)))))


De solnascente a 28 de Maio de 2007 às 23:56
jajajajajajajajajaja
MULHERES


De Chris Williams a 31 de Maio de 2007 às 12:33
Hello, you have a wonderful blog, can you please contact me at linkexchange@edenfantasys.com? I have something to discuss with you
Regards, Chris
(Please can you delete this comment after your decision?)


Comentar post

.subscrever feeds