.Tomaram café ..


windows 8 registry tweaks

.mais sobre mim

.Coisas que escrevi:

. ...

. Estafadêra...

. ...

. Lição de Inglês - Nº. 3

. Enfardar

. Felicidade

. Bacalhau escondido à minh...

. As velhotas na missa

. Dúvida do dia.

. A Vingança

.arquivos

. Setembro 2011

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

Terça-feira, 1 de Abril de 2008

Janela Aberta

Está bafiento aqui.
Abro a janela ?
Posso abrir, pois..
Mas, assim fico exposta.
Qualquer coisa pode entrar.
E diz-me aquela voz
“Pode, mas o bafio sai!”
E eu penso: tens razão.
Deito a mão ao puxador
E faço o gesto rodar.
Hesito um pouco
Retiro então a mão.
E diz-me de novo a voz:
“Abre, não tenhas medo”.
E eu penso: Tens razão.
 
Rodo então o puxador
Abro a janela de par em par
Sinto o ar fresco passar,
O aroma é divinal !
Que bem sabe esta frescura.
E diz-me aquela voz:
“Vês ? Vês como é bom ?”
E eu penso: tens razão.
A brisa circula por mim
Rodopia pelas minhas coisas
Toca aqui, toca ali
Brinca e torna-se atrevida.
E diz-me aquela voz
“ Brinca um pouco também”
E eu penso: Tens razão.
 
Dou o braço à brisa
Danço com ela pelo quarto
Solto um sorriso contido
E diz-me aquela voz:
“Não tenhas medo de rir”
E eu penso: Tens razão.
O ar puro envolve-me
Engloba-me e eleva-me
Faz-me bem senti-lo aqui
E diz-me aquela voz:
“Devias soltar-te mais”
E eu penso: Tens razão.
 
E solto-me, danço com ele
Saltito num passo leve
Mostro-lhe que sei bailar
E diz-me aquela voz:
“Vês ? É bom, não é ?”
E eu penso : Tens razão
O ar puro sabe bem
E o bafio já era
E diz-me aquela voz
“Tanto tempo a janela fechada..
Tanto tempo passado em vão..”
E eu penso: Tens razão.
sinto-me:
música: Video Maria - GNR

escrevinhado por Mikas às 13:37

link do post | Diz-me o que pensas | favorito

3 comentários:
De Anónimo a 4 de Abril de 2008 às 15:14
Lindo lindo esse bailado suave com que me presenteaste! Emocionante!
Beijo da mané


De Anónimo a 9 de Abril de 2008 às 12:38
Um reparo no comentário acima deixado: o "me..." deve ser lido "nos..."
Olha o meu egoísmo a soltar-se e querer o bailado só para mim...beijinho da mané :))


De Gitano73 a 13 de Junho de 2008 às 08:37
Essa criança interior tem de ir mais vezes ao parque andar de baloiço.
:)
Beijo


Comentar post

.subscrever feeds