.Tomaram café ..


windows 8 registry tweaks

.mais sobre mim

.Coisas que escrevi:

. ...

. Estafadêra...

. ...

. Lição de Inglês - Nº. 3

. Enfardar

. Felicidade

. Bacalhau escondido à minh...

. As velhotas na missa

. Dúvida do dia.

. A Vingança

.arquivos

. Setembro 2011

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

Terça-feira, 23 de Setembro de 2008

Feels like home

 

O teu abraço..
É como voltar a casa e ter…
O aroma dum bolo no forno
Maçãs vermelhas na fruteira,
Paus de canela e cravinho ..
O calor reconfortante da lareira
E os estalidos da lenha a arder.
Os gatos enroscados no sofá,
Uma disco de música suave a tocar.
O cheiro a limão pelo corredor
 Alfazema na sala e rosas no quarto.
Sentir, antes de provar, o aroma de café
Sentar à mesa da cozinha a conversar
E saborear, entre fatias de bolo morno,
As palavras, os sorrisos e as risadas.
Pôr um banho quente a correr
E polvilhá-lo com sais de lilás
Mergulhar no abraço da água
Ficar a ver a dança do vapor,
Desenhar caras no espelho embaciado.
Mais tarde, abrir gavetas e ver
Que tudo está como deve estar
(As lãs, os lenços, as luvas..)
No seu lugar, à minha espera.
É o toque do tapete sob os pés nus
Sentir o aconchego da manta
A maciez da almofada lavada.
É finalmente fechar os olhos
E deixar-me embalar em sono e sonhos.
É assim, como voltar a casa
Como voltar ao aconchego do lar.
O teu abraço…

 

sinto-me:
música: Warwick Avenue

escrevinhado por Mikas às 16:43

link do post | Diz-me o que pensas | favorito

2 comentários:
De mil sorrisos a 23 de Setembro de 2008 às 18:23
Hum... Este teu poema é uma vertigem de sensações. Maravilhosa a forma como descreves AQUELE abraço...
Beijos e Mil Sorrisos
:o)))))))


De toda a 10 de Outubro de 2008 às 01:08
Caté apetece encostar... aconchegarmo-nos nessa macieza e doçura, enrolarmo-nos nas palavras serenas e transbordantes.
Chiça, que ela escreve mesmo lindo!
Um beijo graande, melher!


Comentar post

.subscrever feeds