.Tomaram café ..


windows 8 registry tweaks

.mais sobre mim

.Coisas que escrevi:

. ...

. Estafadêra...

. ...

. Lição de Inglês - Nº. 3

. Enfardar

. Felicidade

. Bacalhau escondido à minh...

. As velhotas na missa

. Dúvida do dia.

. A Vingança

.arquivos

. Setembro 2011

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

Terça-feira, 23 de Junho de 2009

Mote

 

 

Depois de algum tempo aprendes a diferença, a subtil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma.
 
E aprendes que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança.
 
E começas a aprender que beijos não são contratos, presentes não são promessas. E não importa o quão boa seja uma pessoa, ela vai ferir-te de vez em quando e precisas perdoá-la por isso.
 
Aprendes que falar pode aliviar dores emocionais.
 
Descobres que se leva anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que podes fazer coisas num instante, das quais te arrependerás pelo resto da vida.
 
Aprendes que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.
 
E o que importa não é o que tu tens na vida, mas quem tens na vida.
 
Descobres que as pessoas com quem mais te importas na vida, são tiradas de ti muito depressa -  por isso, devemos sempre deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas pois pode ser a última vez que as vemos.
 
Aprendes que paciência requer muita prática.
 
Aprendes que quando estás com raiva tens o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de seres cruel.
 
Aprendes que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém.     Algumas vezes, tens que aprender a perdoar-te a ti mesmo.
 
Aprendes que com a mesma severidade com que julgas, tu serás em, algum momento, condenado.
 
Aprendes que não importa em quantos pedaços teu coração foi partido, o mundo não pára para que o consertes.
 
E, finalmente, aprendes que o tempo, não é algo que possa voltar para trás.
 
Portanto, planta teu jardim e decora tua alma, ao invés de esperar que alguém te traga flores.
 
 E percebes que realmente podes suportar... que realmente és forte, e que podes ir muito mais longe mesmo depois de pensares que não aguentas mais. E que realmente a vida tem valor, e que tu tens valor diante da vida!
 
E só o medo de tentar  é que nos faz perder o bem que poderíamos conquistar"

(William Shakespeare)

 

sinto-me:

escrevinhado por Mikas às 15:50

link do post | Diz-me o que pensas | favorito

3 comentários:
De Anónimo a 24 de Junho de 2009 às 17:40
Emocionei-me com tais palavras...
subscrevo-as pela verdade tocante com que as senti.
Contigo, nunca deixo de aprender...
É uma dádiva ter-te como Amiga.

Beijo da mané


De toda a 25 de Junho de 2009 às 12:02
Pois cá a ignorante, que não sabia que o Bill Shake tinha escrito isto, estava a ler e a pensar, a cada linha, que era mesmo teu, escrever assim tal e qual como se sente... No fundinho, era uma citação mas a ideia mantem-se... É muito à tua maneira, é aquilo que dizes e o que fazes na tua vida... Afinal, o Bill não era só poeta e escritor... era um tipo que ia ter uma alma gémea no séc. XX e seguintes.
Quado eu for grande quero ser assim. E nem estou a ser invejosa, que estar daqui e poder abraçar-te mesmo que à distância, já é desfrutar de tanto e tão bom.
Um grande beijo


De DianadosBosques a 25 de Junho de 2009 às 20:20
Ora cá estou eu... disseram-me para cá vir bisbilhotar e como sou uma linda menina e muito obediente também, eis-ze-me...
Tudo lido e relido, subscrevo em género, número, grau (e tudo e tudo e tudo) o que está escrito e acrescento mais uma coisita..
Felizmente que existe uma pessoa como tu, que dá uns puxões de orelhas de quando em vez, ainda que seja através do Bill Shakes (adorei esta, a Guida está no auge) e nos põe a pensar sobre alguns valores, aos quais já não se dá grande valor...
Beijo


Comentar post

.subscrever feeds