.Tomaram café ..


windows 8 registry tweaks

.mais sobre mim

.Coisas que escrevi:

. ...

. Estafadêra...

. ...

. Lição de Inglês - Nº. 3

. Enfardar

. Felicidade

. Bacalhau escondido à minh...

. As velhotas na missa

. Dúvida do dia.

. A Vingança

.arquivos

. Setembro 2011

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

Sexta-feira, 28 de Abril de 2006

A Feira das Vaidades

Tenho a ideia que o povo Português deve ser praí o povo mais vaidoso do mundo. Vaidoso das aparência, evidentemente. Podem estar hipotecados até ao lóbulo das orelhas, mas há que manter o aspecto de quem vive desafogadamente.

Vejamos: eu conheço (e tu de certeza que também conheces) pessoas que ganham uma côdea que mal dá para cobrir as despesas mínimas. E no entanto andam sempre arreados como se tivessem ganho o jackpot do Totoloto, ostentam o ultimo modelo de telemóvel 3G, e só não afirmo que conduzem o mais recente topo de gama da Audi, porque nem mesmo a vaidade exagerada faz milagres.

Este nosso povo acha impensável levar uma sandes e uma peça de fruta para o emprego, e almoçar serenamente à secretária, ou quiçá sentado no banco do jardim se o tempo o permitir.  Não senhor... quem faz isso são aqueles malucos dos alemães, ingleses, holandeses, dinamarqueses, finlandeses, suecos .. essa gente toda, obviamente menos evoluída que nós. Além do mais, que piada tem almoçar no escritório, ou correr até casa para comer qualquer coisa? Assim ninguém vê o nosso novo casaco de camurça magenta, ou a nossa nova t-shirt branca com as letras D & G em tamanho garrafal estampadas no peito.

A nossa gente acha muito mais agradável arranjar-se impecavelmente e passar uma tarde no centro comercial, (a ver e a ser vista) do que vestir umas calças de fato de treino e uma camisola de algodão e ficar sentada no relvado à beira rio, a ler, a observar, a relaxar.

Pensam que estou a insinuar que este culto da vaidade para  vizinho ver é apanágio só dos tristes assalariados da plebe?  Nada disso, este síndrome afecta em igual proporção megalomaníaca os nossos governantes. Basta que vejas as medidas que são tomadas. Nunca nada é feito para proporcionar bem-estar social aos eleitores. O que importa é dar-se a ideia que neste país se vive sem problemas monetários.

Este país tem Estádios de Futebol fantásticos. E os nossos velhinhos também tem reformas fantásticas... Não?  Que se lixe, os velhinhos a gente sempre os pode enfiar num lar manhoso onde ninguém os veja. Os Estádios é que importa serem fantásticos, para os estrangeiros e os gajos da FIFA ou UEFA ou qualquer merda dessas que nos visitam ficarem de boca aberta de admiração.

E até podemos ter as estradas nacionais e municipais todas esburacadas, mas temos boas auto estradas, vamos ter o TGV, e vamos ter um aeroporto todo xpto. Afinal, quem usa as estradas nacionais e municipais é a parolada da província, que nem sequer sabe distinguir entra S.Bento e Belém.

Até o turista Tuga se distingue muito bem do turista estrangeiro. Esqueçamos a cor da pele e do cabelo. Olhemos para as vestimentas e acessórios. O gajo tuga é o que está com gel no cabelo, óculos escuros de marca (quanto mais vistosos, melhor), calção até ao joelho bem passadinho a ferro e vincado, o belo do sapatinho de vela, e o intragável pólo piquet com o crocodilo. Em cima da mesa da esplanada ele tem o telemóvel todo perlimpimpim e as chaves do carro com o inevitável chaveiro da BMW e a carteira em pele da Camel. O forasteiro é o gajo com o cabelo desgrenhado, ainda cheio de salitre do mar, uns calções desbotados e uma t-shirt amarrotada (serviu-lhe de pijama).Em cima da mesa unicamente o copo king-size de sangria.

Ninguém me demove da teoria que quanto mais atrasados em termos culturais e mais lerdos em termos neuronais, mas um povinho se esforça por aparentar ser exactamente o oposto.

É caso para dizer: posso estar com as cuecas já sem força nos elásticos, mas porra, visto jeans Armani. Posso comer salsichas do Pingo Doce, mas quem olhar para mim até pensa que ando mantida a lagosta e caviar beluga.

As aparências é que contam..... o resto inglês não vê.

 

sinto-me:
música: I'm too sexy for my shirt

escrevinhado por Mikas às 12:41

link do post | Diz-me o que pensas | favorito

6 comentários:
De hulkzinho a 28 de Abril de 2006 às 22:26
olá,
sabes, não sei porquê, mas sinto-me tentado a assinar por baixo esse teu retrato do nosso povinho...fica bem e continua com o blog :) tá muito bom !!


De Road-King a 29 de Abril de 2006 às 17:55
Mikas..Acho que isso é geral, essa coisa da vaidade seja o 'Portuga' ou por exemplo o Libanês. Bem mas pensando bem, antes ter de os ver com os télélés novinhos em folha e vê-los bem vestidos do que lhes ter de ver o 'rego' ou os pontos das costuras se tivessem de andar sempre apanhando peças do fones cada vez que recebessem chamadas telefónicas. Ah pois! lol :P


De 100elas a 2 de Maio de 2006 às 16:26
Mikinhas
Saudades
gosto muito da minha amiguinha
e...gosto de saber que recomeçaste a escrever ;-)
bjo


De Anónimo a 10 de Maio de 2006 às 16:34
Belo post! Mas sabes de que é que gosto mesmo??? Daquela mania tuga do pequeno almoço no café da esquina, no bar do emprego... não importa onde! Tem é de ser fora de casa, que o fino é sair-se em jejum! Depois cag...-se à grande e à francesa que só bebem leite "Matinal" e só compram manteiga xpto, quando no café o bebem requentado e muitas vezes resultante de mistura de vários restos, e o belo do pão barrado com margarina ao kilo da makro! Arre!!!


De Anónimo a 10 de Maio de 2006 às 16:35
Esqueci-me da identificação, a anónima "chama-se" Carocha :) Vim aqui parar através do Road King


De magdy a 12 de Maio de 2006 às 02:28
Tens toda a razão, povinho do quer parecer em vez do quer ser. Nada importa mais do que o que se acha que os outros pensam.
Bimbalhada è o que este país tem.


Comentar post

.subscrever feeds